Criação de Sites


Moda Feminina

Moda Latine

Balneário Arroio do Silva possui ventos favoráveis instalação de parque eólico

Arroio do Silva - Ao completar seis meses da sua instalação, a torre com mais de 80 metros de altura, com a finalidade de medir a velocidade dos ventos na Praia da Caçamba, zona sul do município, registrou um potencial de 7 metros por segundo, quando o normal é de 6 metros.

Na semana que passou, o gerente de negócios do grupo alemão, Elvis Becker, esteve na prefeitura, em visita ao prefeito em exercício Mário Mota e secretário de Administração e Finanças, Dirnei José Bernardo; quando apresentou os resultados positivos do projeto para instalação de parques eólicos no balneário. Mário Mota ficou animado com as boas notícias trazidas por Becker e acredita que o projeto vai ser a redenção da economia do município, que tem a vocação turística. Com a vinda dos equipamentos, será necessário alargamento da estrada geral que liga a Praia da Caçamba até a BR-101.

Ventos soprando a favor

De acordo com gestor de negócios da empresa alemã Innovent Elvis Becker, os testes realizados também revelam o tipo de turbina a ser utilizada no Parque Eólico, que será construído na Praia da Caçamba. “Os testes nos revelam que os equipamentos serão de 2, 3 a 3 megawatts de potência, ou seja, mais potentes do que os utilizados em Osório/RS, com torres com altura superior a 120 metros”, estima. O próximo passo é instalação do canteiro de obras para abrigar o complexo onde serão instaladas as torres de energia eólica, a realização do Estudo de Impacto Ambiental, EIA/RIMA e audiência pública. Após estes trâmites, Elvis Becker acredita que em 12 meses iniciam as instalações das torres e posteriormente a geração de energia limpa.

Geração de empregos

Segundo o empresário Elvis Becker, que viveu na Europa entre 2006 e 2010 -  onde conheceu o projeto de geração de energia limpa - como o Balneário Arroio do Silva foi receptivo ao projeto, a intenção dos alemães é construir o primeiro parque de energia eólica no município. “Temos que considerar que o Arroio tem uma logística melhor, com acesso pela BR-101 (via acesso sul), que Ilhas, onde serão instaladas torres, não tem. Nossa expectativa é de instalar mais de 120 torres de energia entre a Lagoinha (Arroio do Silva) até a região do Manhoso/Araranguá. Acredito que o projeto vai gerar em torno de 600 postos de trabalho. Serão necessários profissionais, desde auxiliares de construção civil, mestres de obras até engenheiros. Por isso é importante que as pessoas se capacitem com cursos técnicos.

Como funciona

O vento gira uma hélice gigante (cerca de 37 metros) conectada a um gerador que produz eletricidade. Quando vários mecanismos como esse – conhecidos como turbina de vento – são ligados a uma central de transmissão de energia, chamada uma central eólica.A quantidade de energia produzida por uma turbina varia de acordo com o tamanho das suas hélices e, claro, do regime de ventos na região em que está instalada. Além da velocidade dos ventos, é importante que sejam regulares, não sofram turbulências e nem estejam sujeitos a fenômenos climáticos como tufões.

ai/unopress

Nível Rio Itajaí
Seu Signo
Tempo em SC