Criação de Sites


Moda Feminina

Moda Latine

Servidores Municipais recebem reajuste salarial

Abelardo Luz - Os servidores municipais de Abelardo Luz terão reajuste salarial de 5,83% a partir da folha de maio deste ano. O reajuste faz parte do acordo coletivo de trabalho firmado, nesta quinta-feira, na Câmara de Vereadores, entre o Governo Municipal e o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Publico Municipal de Chapecó e Região (SITESPM-CHR). O percentual tem como base o Índice Nacional de Preços do Consumidor (INPC/IBGE), referente ao período compreendido entre maio de 2008 a abril de 2009.

Moda Latine


A presidente do SITESPM, Vânia Barcelos, destacou a rapidez que o processo de negociação teve em Abelardo Luz. “Conseguimos implementar a comissão permanente de negociação em pouco tempo e já conseguimos resolver problemas históricos dos servidores do município. Em outros municípios isso é demorado e leva até mais de um ano”, disse. Já o presidente da coordenação municipal do Sindicato, Celso de Rossi, ressaltou a importância do ato para a categoria. “Esse prefeito vai ficar na história porque abriu as portas para conversar com o sindicato e negociar”, enfatizou.

O secretário de Administração e membro da comissão de negociação, Joel Tomazi, disse que governo municipal fez o que ninguém fez até hoje em Abelardo Luz. “Não foi fácil dar esse reajuste de 5,83%, principalmente, pelo fato da queda que tivemos na arrecadação”, afirmou, dizendo ainda que o município nunca vai se negar em negociar com o sindicato e deve voltar a sentar para discutir o plano de cargos e salários.

Colaboração
O prefeito Dilmar Fantinelli afirmou que vai fazer de tudo para cumprir 100% do acordo e pediu a colaboração dos servidores. “Estamos fazendo este acordo histórico em Abelardo Luz, onde ambos os lados tiveram sucesso deste o início. A partir deste mês vamos repassar 5,83% de reajuste. Vocês merecem muito mais e estamos trabalhando para isso”, frisou, afirmando que só se faz uma boa administração, com melhores salários e qualificação, com ajuda de todos os servidores. “Estamos fazendo a nossa parte e peço que todos façam a sua também”, finalizou.

Condições
As negociações com o sindicato iniciaram no mês de janeiro e após várias audiências chegou-se ao acordo que terá vigência de 12 meses, iniciando em 1º de maio de 2009 e término em 30 de abril de 2010, data base da categoria, quando se realizará nova negociação. Além do reajuste de 5,83%, o acordo estabelece ainda reposição salarial de 3,28% referente aos meses de maio a dezembro, referente ao ano de 2007, que não foram pagos no ano de 2008; reformulação do Plano de Cargos e Salários, e concessão de Licença Maternidade de 180 dias para as servidoras municipais e redução da jornada semanal de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais.

O município também se comprometeu em fazer estudo de Proposta de Plano Coletivo de Saúde para os servidores; implementar um Programa na Área da Saúde Preventiva do Trabalhador com profissionais habilitados, pagamento de adicional de insalubridade, plano de formação continuada, substituição de servidor em atestado médico, entre outras condições.

Comissão
Participaram das rodadas de negociação a presidente do sindicato, Vânia Barcelos; a secretária geral da Federação dos Servidores Municipais de SantaCatarina, Rozangela de Carli Dalbosco e os membros da coordenação municipal do sindicato em Abelardo Luz, Celso de Rossi, Daiana Muniz, Roseli Aparecida da Silva e Sandra Scheis Batisti Já os representantes do município nesta comissão, além do prefeito Dilmar Fantinelli e do secretário de Administração, Joel José Tomazi,  foram a secretaria de Educação Iraci Chiquelero, o secretário de Planejamento e Orçamento Participativo, Roberto de Biasi, o secretário de Infraestrutura, Valdecir Luiz Teston, a assessora Jurídica Francieli Maria de Lima e a contadora do município Carla Cristina Antunes Kleinubing.

Márcio Magedanz
ai/UNO

Moda Latine
Tempo em SC
Seu Signo
Nível Rio Itajaí