Criação de Sites


Moda Feminina

Moda Latine

Ao longo de toda a quinta-feira, 8 de setembro, e também nesta sexta-feira, a Coordenadoria de Defesa Civil do município percorreu os bairros mais afetados pela enchente. Ainda não há dados precisos dos estragos que ocorreram em Nova Trento. Segundo informações não oficiais da Defesa Civil, muitas pessoas ficaram desalojadas no município, mas não foram contabilizadas vítimas. “Houve quedas de barreiras nas estradas, e muitas casas ficaram alagadas, especialmente no bairro Ponta Fina Sul. De qualquer modo, a Prefeitura Municipal está atuando para auxiliar nos casos mais graves, desobstruindo estradas, para que as pessoas tenham passagem”, afirmou o Coordenador de Defesa Civil e Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Saulo Roberto Voltolini.

Durante reunião, na tarde desta sexta-feira, o Prefeito Municipal de Nova Trento disse aos Secretários e demais funcionários presentes que fará o possível para que o município volte a sua normalidade. “Eu acredito que, até o fim da semana que vem, tudo esteja amenizado. Vamos trabalhar, e a Secretaria de Transportes e Obras já está atuando”, destacou o Prefeito, que já está providenciando todos os documentos para emitir um decreto oficializando “Situação de Emergência” ou “Estado de Calamidade Pública”, conforme dados que estão ainda sendo levantados pela Coordenadoria de Defesa Civil. Há ainda muita dificuldade de acesso a alguns bairros do município, devido às quedas de barreiras, sendo que todas as localidades sofreram algum tipo de ocorrência com as fortes chuvas.

Água, energia elétrica e Saúde

Em relação ao abastecimento de água, a situação em Nova Trento se manteve sob controle. O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) apenas precisou realizar reparos no Distrito de Claraíba, no qual a comunidade do Tirol foi afetada. De qualquer forma, os funcionários do Samae atuaram durante todo o dia de hoje, conseguindo regularizar a situação da parte técnica. Até amanhã os moradores receberão água em suas casas, assim que os reservatórios estiverem cheios.

Já em relação à energia elétrica, os neotrentinos permaneceram sem luz durante praticamente todo o dia. Houve queda de postes em muitos bairros, como em São Roque. A Celesc recebeu diversas ligações de reclamação. No fim da tarde, a energia elétrica foi restabelecida no Centro, mas em muitos bairros a situação ainda não foi normalizada.

Na área da saúde, o atendimento está normal no Hospital Imaculada Conceição, que está atendendo, inclusive, casos de pessoas afetadas pela enchente no Vale do Rio Tijucas.

Atendimento

Para casos de emergência e orientações, o telefone da Defesa Civil é (48) 3267-3280.

A chuva diminuiu, mas Florianópolis, Alto, Médio e Baixo Vale do Itajaí, Litoral Norte e Planalto Norte, o acumulado de chuva NÃO é significativo, devendo ficar abaixo de 10 mm nesta sexta-feira. No Litoral Sul, a chuva ainda pode ser mais persiste até a tarde, com acumulados de 10 a 15mm. Apesar do baixo volume de chuva previsto, SC continua em alerta devido aos alagamentos, enchentes e os deslizamentos. A maré segue elevada dificultando o escoamento das águas da chuva para o oceano.

Segundo informações da Secretaria de Estado da Defesa Civil, o número de pessoas atingidas chegou a 779.596, em 77 municípios, de acordo com Boletim divulgado às 16 horas desta sexta-feira. As cidades de Brusque e Rio do Sul decretaram Estado de Calamidade Pública, enquanto outros 26 municípios estão em situação de emergência.

Elis Facchini
ai/UNOPress

 

Moda Latine
Nível Rio Itajaí
Seu Signo
Tempo em SC