Criação de Sites


Apiúna busca soluções para problemas no abastecimento de água na cidade

Apiúna - Mais uma vez o prefeito Jamir foi à sede da CASAN, na capital Florianópolis, buscar soluções para o problema de abastecimento de água em Apiúna. Desde ontem, 24 de janeiro, o abastecimento está comprometido.

Em 2010, Jamir recorreu várias vezes a presidência do órgão para buscar resolver a constante falta de água que abatia as moradias apiunenses. Com muitas promessas, mas ações lentas, depois de alguns meses, o problema foi resolvido.

Procurado pelo prefeito Jamir, e pelo Deputado Estadual, Aldo Schneider, o novo presidente da CASAN, Sr. Dalírio Beber, buscou apresentar respostas para as perguntas.

Segundo o prefeito, a falta de água é devido ao fato de que as águas do Rio Itajaí-Açú estão seis vezes mais suja que o considerado normal. Os técnicos da CASAN afirmam que a alta concentração de sujeira deixa a água como um lodo. Impedindo e retardando que os procedimentos de rotina para a limpeza da água sejam realizados.

De acordo com José Vilson Brassiani, Superintendente Regional da CASAN, a causa de tanta lama é a grande quantidade de chuvas nos últimos dias no Alto Vale do Itajaí, principalmente nas cidades de Mirim Doce e Taió. Segundo ele, a grande quantidade de matéria orgânica e sujeiras deixaram a água muito lamacenta.

Vilson afirma ainda que os trabalhos estão concentrados em restabelecer o abastecimento, que está sendo retomado aos poucos. Segundo ele, nesta tarde de 25 de janeiro, a captação já em torno de 80%. A previsão é de que até a madrugada de amanhã, 26 de janeiro, o abastecimento esteja estabilizado.

Entre os municípios da região afetados pela falta de água estão Apiúna, Ascurra, Rodeio, Indaial e Blumenau. Além destes, municípios como Gaspar e Itajaí também estão sofrendo com o problema.

José Vilson ainda confirma que a CASAN está trabalhando em parceria com a Prefeitura de Apiúna estudando um novo local para montar uma central de captação no município. Segundo ele, engenheiros da CASAN estão realizando estudos em dois pontos de Apiúna, no Rio Neisse, próximo a localidade da Vargem Grande e entre as localidades de Subida e Santo Antônio. Estes levantamentos técnicos são o primeiro passo para a realização do projeto e para uma futura busca de recursos para este fim.

ai/uno

Tempo em SC
Nível Rio Itajaí
Seu Signo