Criação de Sites


Moda Feminina

Moda Latine

Várias famílias estão sem água em Apiúna

Apiúna - Há alguns meses várias famílias, moradoras dos bairros apiunenses, estão sofrendo com a falta de água em suas residências. Este problema está causando diversos transtornos para toda a cidade e muita preocupação para a Administração Municipal.


De acordo com o prefeito, Sr. Jamir Marcelo Schmidt, em 1992, o então prefeito, Sr. Nicanor Morro, assinou um convênio com a CASAN que concedeu a mesma exclusividade no direito de exploração de serviços públicos municipais de abastecimento de água, coleta e disposição de esgotos sanitários por 30 anos.

Passados 17 anos, a prestação dos serviços, por parte da CASAN, não está atendendo as expectativas e necessidades da população. As cobranças em torno da Administração municipal fizeram com que a resolução deste transtorno seja uma prioridade para o prefeito.

Desta forma, no início do mês, Jamir reuniu-se com o presidente da Casan - Companhia de Águas e Saneamento, Sr. Walmor Paulo de Luca, na capital catarinense para cobrar uma solução para a cidade. Do encontro, saiu com a promessa de que duas bombas de captação de água seriam instaladas e, o problema resolvido.

Entretanto, não foi o que aconteceu, o serviço continua falhando e, a situação está obrigando a administração a tomar medidas extremas para erradicar a falta de água na cidade. Atualmente, a água tratada consumida no município é proveniente do sistema de captação localizado no Rio Itajaí-Açú, na cidade vizinha de Ascurra.

Neste momento, o objetivo do prefeito Jamir é, em conjunto com as cidades de Rodeio e Ascurra, que também estão sofrendo com o problema, rescindir os contratos com a CASAN e municipalizar o abastecimento de água nas três cidades.

A Administração está unindo forças para, o mais rápido possível, acabar com este grande transtorno e normalizar o abastecimento de água em todas as residências apiunenses.

ai/UNO

 

Moda Latine
Tempo em SC
Seu Signo
Nível Rio Itajaí